Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Programa de Pós-graduação em Geofísica

Publicado: Segunda, 09 de Maio de 2016, 19h31 | Última atualização em Quarta, 19 de Abril de 2017, 18h29

Menu

Sobre

Processo Seletivo

Corpo Docente

Corpo Discente

Produção Intelectual

Teses e Dissertações Defendidas

Grade Curricular

Regulamento

Calendário

Homologação e Diploma

Disciplinas

Comissão de Pós-Graduação

ASPECTOS GERAIS E OBJETIVOS

A desvinculação das atividades em Geofísica e Astronomia, no âmbito da pós-graduação do Observatório Nacional, teve início com o credenciamento do Programa de Pós-Graduação em Geofísica pelo Grupo Técnico Consultivo da CAPES em 21/07/1998, e se completou com o início de suas atividades em março de 1999.

O Programa de Pós-Graduação em Geofísica do Observatório Nacional tem como objetivo a formação de recursos humanos altamente qualificados em geofísica, que possam, no futuro, atuar tanto na área acadêmica (pesquisa e docência) quanto na área industrial.

Até 2016, este programa titulou 101 Mestres e 49 Doutores, com conhecimentos teóricos e práticos nas linhas de pesquisa na Geofísica que o Observatório Nacional conduz, através dos seus pesquisadores.


 ESTRUTURA

A estrutura do Programa de Pós-Graduação em Geofísica do Observatório Nacional está dividida em duas tradicionais áreas de concentração, e em quatro linhas de pesquisa, conforme disposto abaixo:

1. GEOFÍSICA APLICADA

            1.1    Linha de Pesquisa: Recursos Naturais

            1.2    Linha de Pesquisa: Geofísica Ambiental

 Alguns projetos desta área de concentração, atualmente em desenvolvimento no ON/MCTIC, são:

  • Ampliação e estruturação do Laboratório de Petrofísica do Observatório Nacional para iniciativas de P&D de petróleo e gás;
  • Avaliação e modelagem petrofísica de rochas reservatórias e magnetismo ambiental de arcabouços geológicos;
  • Desenvolvimento de sensores magnéticos do tipo fluxgate e desenvolvimento e construção de magnetômetro de precessão nuclear de prótons;
  • Integração de dados magnetotelúricos, transiente eletromagnéticos, gravimétricos, magnetométricos e símicos no estudo das Bacias do Paraná e Parecís;
  • Integração de dados sísmicos e petrofísica de perfis geofísicos e de testemunhos;
  • Metrologia da gravidade;
  • Novas metodologias para a inversão e interpretação de dados geofísicos.

 2. GEOFÍSICA DA TERRA SÓLIDA

           2.1    Linha de Pesquisa: Estudos Geofísicos em Escala Global

           2.2    Linha de Pesquisa: Estudos Geofísicos em Escala Local e Regional

 Alguns projetos desta área de concentração, atualmente em desenvolvimento no ON/MCTIC, são:

  • Aplicação de métodos de física estatística para o estudo de problemas geofísicos;
  • Compartimentação tectônica do sudeste brasileiro;
  • Estudos geomagnéticos nas baixas latitudes brasileiras observação e modelagem do campo geomagnético no âmbito nacional e global;
  • Cicloestratigrafia de sucessões sedimentares Paleozoicas e Pré-Cambrianas;
  • Prospecção geotérmica na crosta terrestre;
  • Rede sismográfica do sul e sudeste do Brasil

 

 

 

Fim do conteúdo da página