Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Coordenação de Geofísica

Última atualização em Terça, 07 de Março de 2017, 16h32
Menu

Sobre

Seminários

Serviços

Áreas de Pesquisa

Pessoal

 

A área de Geofísica do Observatório Nacional desenvolve pesquisas científicas e serviços nessa área do conhecimento. São realizados levantamentos geofísicos no país e no exterior, desenvolvimento instrumental, manutenção e operação de Observatórios e de Bases de Dados Geofísicos. 

O campo de atuação é dividido em Geofísica da Terra Sólida, com linhas de pesquisas em Geomagnetismo, Geoeletricidade, Gravimetria, Sismologia e Geotermia; e Geofísica Aplicada, com linhas de pesquisas em Geofísica Aplicada ao Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Petróleo e Instrumentação Geofísica.

São exemplos de pesquisas: a estrutura e composição da litosfera da Placa Sul-Americana, a compartimentação tectônica e a estrutura crustal do sudeste brasileiro, a avaliação de recursos geotermais do Estado do Rio de Janeiro, a determinação quantitativa dos sinais térmicos das mudanças climáticas na região sudeste, a dinâmica e o potencial hidrogeológico da bacia do Parnaíba. Estudos geofísicos com ênfase no potencial petrolífero vêm sendo conduzidos nas bacias do Paraná (PR), do São Francisco (MG e BA), do Espírito Santo e do Parecis (MT). Estudos ambientais empregando GPR (radar de penetração no solo) e outras técnicas eletromagnéticas encontram-se em andamento em localidades diversas do território nacional e na Antártica. O problema inverso em geofísica, em especial com dados gravimétricos e magnéticos, anisotropia sísmica em reservatórios e estudos estatísticos da atividade geomagnética, também integram as atividades de pesquisas do ON. 

O ON mantém duas redes nacionais (a Rede Gravimétrica Fundamental do Brasil e a Rede Geomagnética), opera a Estação Sismológica do Rio de Janeiro (RDJ), realiza o monitoramento contínuo das variações do campo magnético terrestre nos Observatórios Magnéticos de Vassouras (RJ), de Tatuoca (PA) e nas estações da Rede Magnética Brasileira e realiza diversos estudos nas Ilhas Shetland do Sul, na Antártica e nos Açores. 

O ON executa, ainda, serviços técnicos para empresas de prospecção geofísica através da calibração de equipamentos, incluindo testes de laboratório e de campo, do fornecimento de registros da variação temporal do campo magnético terrestre (magnetogramas) e da certificação de estudos geofísicos prestados pelas mesmas para órgãos governamentais e empresas estatais.

 

 


Linhas de Pesquisa


 

Projetos

 A Rede Brasileira de Observatórios e Padrões Geofísicos - REBOG é um projeto estruturante sob a responsabilidade da Coordenação de Geofísica do Observatório Nacional. O objetivo é agregar iniciativas que compreendam aquisição de dados geofísicos de caráter regional e obtidos de forma contínua, seu processamento e armazenamento adequado, para uso de seus pesquisadores, comunidade científica e setor produtivo.      

 

 

 

 

 

 

Fim do conteúdo da página