Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Material de Divulgação - DAED

Publicado: Segunda, 01 de Agosto de 2016, 18h05 | Última atualização em Quarta, 28 de Dezembro de 2016, 17h33

O principal objetivo de disponibilizar um material didático sob a forma de Livretos e Revistas em quadrinho, por meio eletrônico, é ampliar a Divulgação da Ciência Astronômica e Geofísica. São diversos temas abordados como: as mudanças das estações, o contínuo suceder do dia e da noite, a esfericidade da Terra, o movimento dos astros, os efêmeros cometas, as chamadas estrelas cadentes, os movimentos errantes dos planetas, os asteroides e seus riscos para a humanidade entre outros.                                                        

Utilizando uma linguagem coloquial, mas cientificamente correta, os conceitos sobre o Universo mais próximo transformam essa ciência em uma poderosa ferramenta de inserção social do público leigo em geral e, principalmente, das camadas mais desfavorecidas da sociedade.  

O material é oferecido para DOWNLOAD, em baixa resolução. Caso haja interesse em ter o material para posterior impressão, em alta resolução, o Observatório Nacional está aberto a Termos de Colaboração. Para isso contatar Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

O Pequeno Cientista e Brincando com Ciência

A astronomia é uma ciência que sempre despertou muita curiosidade e fascínio nos seres humanos. Ela mantém uma relação de proximidade muito grande com assuntos relacionados ao surgimento da humanidade até as especulações sobre a possibilidade de vida inteligente fora do nosso planeta.

Este mesmo fascínio, exercido sobre os seres humanos, não é muito diferente em relação às revistas em quadrinhos, cujo recurso é muito utilizado para divulgar a astronomia, despertando sempre grande interesse da população pela ciência, proporcionando assim bons resultados.

A revista "O pequeno Cientista", com 40 páginas, foi particularmente escolhida para abrir esta seção, pois deu origem à coleção Observatório Nacional Apresenta, a um site, para crianças, na página de divulgação científica da instituição e um CD-ROM de jogos infanto-juvenis.

                                        

 

Conteúdo do CD-ROM Brincando com Ciência

  1. Velocidade Espacial   - Uma corrida contra o tempo em um percurso no espaço entre os asteroides.
  2. Jogo do Peso   - O jogador pode verificar quanto seria seu peso na balança se estivesse em outro planeta.
  3. Jogo da Aterrissagem   - Este jogo utiliza as propriedades da aceleração da gravidade, observada nos planetas, para desafiar o jogador  a aterrissar a nave nas suas superfícies.
  4. Jogo da Memória Infantil  - Neste jogo as crianças podem aprender mais sobre várias ciências ao associarem as imagens utilizadas.
  5. Missão Nuvem de Oort  - Uma aventura espacial na Nuvem de Oort, onde o jogador precisa desviar ou destruir os asteroides que se deslocam em sua direção.
  6. Jogo do Buraco Negro - Semelhante ao tradicional Jogo da Forca, neste desafio o jogador deve responder corretamente às perguntas sobre astronomia, caso contrário é “sugado” pelo Buraco Negro.
  7. Relacione as Palavras  - O desafio é ligar os termos aos seus significados e assim conhecer um pouco mais sobre alguns temas de astronomia pouco divulgados, tais como, Nebulosas e Pulsares.
  8. Imagens e Palavras  - O objetivo deste jogo é relacionar as imagens com seus respectivos nomes.
  9. Via Láctea  - Utiliza o mesmo conceito de uma corrida de tabuleiro. Jogando o dado a nave é movimentada pelo percurso  espacial e a cada momento enfrenta desafios como, por exemplo, explosão de estrelas e buracos negros. A cada desafio encontrado, o jogo fornece a explicação sobre o fenômeno.
  10. Quebra-Cabeça Terra e Quebra-Cabeça Vulcão Etna  - As peças são misturadas aleatoriamente para que o jogador as reorganize e monte o desenho.
  11. Jogo da Memória  - Tradicionalmente conhecidos, estes jogos trazem varias imagens sobre astronomia e suas peculiaridades.
  12. Astro Pontos  - O objetivo é ligar todos os pontos numerados para que no final seja revelada a imagem do corpo celeste.
  13. Jogo das Órbitas - Este jogo possui dois desafios. Primeiro é preciso identificar o planeta, para depois clicar na sua órbita correta.   No final do jogo o planeta se desloca em sua orbita e surgem informações sobre o mesmo.

Revistas em quadrinhos e livretos

A coleção de revistas em quadrinhos é um dos meios de divulgação da ciência produzidos e utilizados pela Divisão de Atividades Educacionais (DAED).

São nove revistas em quadrinhos, cujas cenas se passam no ambiente de uma sala de aula. Cada revista aborda um único tema, em forma de palestra, onde o convidado é um especialista no assunto, ligado a uma área de pesquisa do Observatório Nacional. A linguagem é acessível, coloquial, mas sem abrir mão do rigor das ciências exatas.

Uma das principais características deste material é a forma simples e muito ilustrada com as revistas são apresentadas. São utilizadas situações que fazem parte do nosso quotidiano e explorados o modo como os jovens se relacionam. Esta característica faz o diferencial das revistas que se apresentam de maneira diferente de muitos outros estilos de Histórias em Quadrinhos (HQs).

 

. Quadrinhos

São nove revistas em quadrinhos direcionadas ao público infanto-juvenil.

  

Planetas - Essa revista apresenta todos os personagens que vão compor a série. Os alunos pesquisam sobre cada um dos planetas do Sistema Solar e seus satélites. (70 páginas)

 

Sistema Solar - O Sistema Solar é abordado mais detalhadamente, mostrando alguns aspectos da Estrela Sol, dos cinturões de asteroides e da nuvem que dá origem aos cometas. (68 páginas)

 

Missão Espacial Nuvem de Oort - Uma aventura espacial em que pesquisadores e engenheiros do Observatório Nacional descobrem que um corpo celeste está se aproximando da Nuvem de Oort, que dá origem aos cometas. Em uma expedição conjunta de cientistas civis, com o apoio operacional militar, partem para investigar o fenômeno. (90 páginas)


Estrelas - Assunto tratado por um especialista em evolução estelar, mostra como as estrelas nascem, vivem e finalmente morrem, suas famílias e classificações espectrais. (64 páginas)

 

Nossa Galáxia - Aspectos da Via Láctea são abordados nessa aula, tais como: composição, tamanho, número de estrelas, distância, etc. (64 páginas)


Galáxias - Iniciando a palestra falando da nossa galáxia, a aula se desenrola abordando outras galáxias vizinhas, matéria que as compõem, da interação entre galáxias e classificação. (60 páginas)

 

Buracos Negros - A aula começa abordando o conceito de gravidade, o porquê das estrelas permanecerem em equilíbrio até chegar a formação e conceituação de Buraco Negro. (56 páginas)


Universo - Essa palestra volta ao passado e aborda como os antigos filósofos (pensadores) viam ou imaginavam o universo. (48 páginas)

 

Grandes Descobertas - O personagem Tempo, dessa história, é uma homenagem a Antares Kleber Grijó de Oliveira, idealizador e autor dessa série de revistas e livretos. Em um "papo" leve e descontraído ele fala dos grandes nomes da ciência e de suas descobertas. (48 páginas)

 
 
 

. Livretos

São apresentados onze livretos com texto adequado e dedicado ao público jovem e adulto.

 

Terra - A Terra é o nosso planeta e o local onde vivemos e dependemos de seus recursos naturais.  Este livreto aborda a dimensão deste planeta, posição no Sistema Solar, distância do Sol, seu interior e suas camadas, como as placas litosféricas (tectônicas). Também a sua atmosfera e formação dos oceanos e de como era há milhões de anos.  (32 páginas)

 

As cores do céu - Por que olhamos para o céu, em um dia sem nuvens, e ele nos parece azul? E por que ao entardecer o azul é substituído por tons vermelhos ou alaranjados?  Veja as respostas neste livreto. (30 páginas)

 

Atmosfera - O que é atmosfera, sua composição química, temperatura e o efeito estufa. As camadas que envolvem o nosso planeta são questões abordadas aqui. (36 páginas)

 

Gravidade - são abordados o conceito de força e atração gravitacional e suas implicações. Por que os planetas e satélites têm uma forma esférica? Como funciona as leis que regem o movimento dos corpos celestes? (36 páginas)

 

Formação da Lua - Único satélite natural da Terra, a Lua sempre existiu? Ou, como ela se formou? Este livreto revela hipóteses a respeito desse assunto, fornece dados como distância, massa, mapas da superfície, a interação Terra-Lua, como a Lua influencia as nossas vidas, missões espaciais entre outras questões. (60 páginas)

 

Fases da Lua - Por que acontecem mudanças, que chamamos de fases, na figura iluminada da Lua? Como se formam as fases? Elas têm influência sobre o ser humano? Qual é a trajetória da Lua? (40 páginas)

 

Eclipse - Os vários eclipses do Sol e da Lua. Por que e quando ocorrem? Como devemos observar um eclipse solar e um lunar? O que é observado durante um eclipse total do Sol? Os eclipses afetam o ser humano? No passado os eclipses do Sol e da Lua eram motivo de terror para a população? (36 páginas)

 

Asteroides - Um perigo para a Terra? Por que precisam ser observados sistematicamente? O que são? De onde vêm? Tamanhos, formas, composição, as missões de sondas espaciais para estudar os asteroides. (48 páginas)

 

Reações Nucleares: Estrelas - Não apenas o Sol, mas as estrelas que vemos pontilhando o céu, mostram que a liberação de energia é algo constante na vida delas. Como ocorre o processo nuclear de produção de energia e como ela chega no nosso e nos outros planetas? Precisamos de geração de energia nuclear? (56 páginas)

 

Calendário e suas curiosidades - A história de como foram estabelecidos os calendários nos faz voltar a civilizações muito antigas. Muitas delas tinham seus próprios calendários. Como surgiram os calendários e qual a sua função? Como eram calculados? Qual o calendário que usamos hoje? (62 páginas)

 

Astronomia e a Bandeira - Um pouco da história astronômica do símbolo maior do nosso país. Quando surgiu, quem criou, o porquê das cores, do círculo interno azul, o significado das estrelas, da faixa branca e o lema. Por que a bandeira do Brasil é tão astronômica? (36 páginas)

 
 

O Observatório Nacional e a Copa do Mundo de 2014

Trata-se de uma publicação idealizada na época da Copa do Mundo de Futebol, realizada no Brasil em 2014, ligando
o  futebol  a  temas  científicos  de  Astronomia, Geofísica e Metrologia em Tempo e Frequência, áreas de atuação da
instituição. É um texto que procura aproximar a ciência da sociedade. 

Tendo  o  humor  como linha  principal e o  futebol  como  inspiração,  a publicação  (versão  em  Português e Inglês),
"O Observatório Nacional e a Copa do Mundo de 2014"  apresenta  uma  linguagem  simples  e  visual, cujo objetivo
é proporcionar uma reflexão sobre os fenômenos da natureza a partir da grande paixão esportiva nacional: o futebol.

 
  
  
                         Leitura on-line do Catálogo
 
                        Versão completa do Catálogo
 

O material é oferecido para DOWNLOAD, em baixa resolução. Caso haja interesse em ter o material para posterior impressão, em alta resolução, o Observatório Nacional está aberto a Termos de Colaboração. Para isso contatar Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Passe o tempo com o Observatório Nacional

Depois do sucesso da coleção de revistas "O Observatório Nacional apresenta...", composta por uma revista infanto-juvenil, nove revistas em quadrinhos, onze livretos e um CD-ROM de jogos eletrônicos educativos, o ON lançou uma revista temática de passatempo.

A revista passatempo de "palavras-cruzadas" aborda, com uma linguagem simples e moderna, temas ligados às áreas de atuação do Observatório Nacional: Astronomia, Geofísica e Tempo e Frequência, além da rica história da instituição de quase 200 anos de existência.

Este material é um meio de aprendizado eficaz e de fácil compreensão, interativo, claro, objetivo, popular e, principalmente, lúdico – o que desperta o interesse e a curiosidade do leitor de todas as idades. A revista traz vários jogos, como Dominox, Diretox, Caça-Palavra, Código Secreto, Quiz e muito mais.

O conteúdo da revista faz uma viagem pelo espaço-tempo: partindo do planeta Terra, cruza o Sistema Solar, passa pelas estruturas da Via Láctea, viaja no meio intergaláctico, visita os aglomerados e os superaglomerados de galáxias, até o final do Universo. Final? Também é mostrado o mais recente desafio da ciência astronômica: a Matéria Escura e a Energia Escura, que podem mudar a visão atual da Física.

 

 

Cordel da Ciência

A proposta deste trabalho é divulgar a ciência que é produzida no Observatório Nacional por meio da linguagem em verso da Literatura de Cordel que é um importante veículo de divulgação da cultura popular brasileira.

O trabalho é apresentado sob a tradicional forma de livreto e complementado com um vídeo em DVD, onde os versos são contados e cantados por um típico nordestino, personificando todas as características da Literatura de Cordel.

O complexo conteúdo científico de Astronomia, Geofísica e Metrologia em Tempo e Frequência, áreas nas quais o Observatório Nacional realiza pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica é traduzido em expressões simples, com a criação de personagens do folclórico imaginário popular.

Assim, o trabalho procura retratar, em 16 páginas contendo 50 versos e em aproximadamente 13 minutos de vídeo, passagens da história dos quase 200 anos de existência do Observatório Nacional e também das suas áreas de atuação científica, mostrando a sociedade um pouco da trajetória da instituição.

 

A Grande Luneta Equatorial - 90 anos de História

A Grande Luneta Equatorial de 46cm, instalada no campus do Observatório Nacional em 16 de fevereiro de 1922, tem importância inegável para a Astronomia brasileira. A partir da sua chegada muitos projetos foram realizados, permitindo ao Brasil ingressar nos programas internacionais de observação de estrelas duplas visuais, planetas, asteroides, cometas, eclipses solares e lunares.

 

 Quebra-Cabeças e Jogos do Observatório Nacional

O Observatório Nacional desenvolve jogos de quebra-cabeça desde 2005 com o objetivo não somente da divulgação do instituto, mas também com foco no desenvolvimento humano. Estudos mostram resultados significativos na utilização de jogos desse tipo, pois são capazes de desenvolver o raciocínio lógico matemático, habilidade para resolver situações-problema e ajudam a trabalhar os conceitos de números e quantidades. Auxiliam no estabelecimento de comparações, semelhanças e diferenças, permitindo desenvolver com eficiência a noção de seriação e classificação. Além disso, são amplamente utilizados como passatempo por pessoas de todas as idades. 

 

 

 

Jogo da Corrida Espacial

Trata-se de uma Corrida Espacial que tem início no planeta Terra, passa por vários obstáculos dentro do Sistema Solar e volta ao nosso planeta. Os obstáculos e perigos são as peculiaridades dos planetas, satélites artificiais desativados, do Sol, cinturão de asteroides, etc.

 

 
 
 
 
 
Fim do conteúdo da página