Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Tem início a participação brasileira no LSST

Publicado: Terça, 09 de Maio de 2017, 19h49 | Última atualização em Terça, 09 de Maio de 2017, 19h51

Links relacionados:

O Laboratório Interinstitucional de e-Astronomia (LIneA) e o Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA) divulgaram as propostas selecionadas para a formação do Brazilian Participation Group (BPG) no projeto Large Synoptic Survey Telescope. Cinco propostas foram aceitas pela Comissão de Seleção (CS) formada pelos pesquisadores Adriana Valio (Mackenzie), Beatriz Barbuy (IAG-USP), Karín Menéndez-Delmestre (OV-UFRJ), Julio Fabris (UFES), Roberto Martins (ON, presidente da CS) e Othon Winter (UNESP), cobrindo áreas que vão desde de estudos do sistema solar à cosmologia.

As propostas aceitas foram submetidas pelos pesquisadores Júlio Camargo (ON), Ricardo Ogando (ON), Rogério Rosenfeld (UNESP), Basílio Santiago (UFRGS) e Flávia Sobreira (UNICAMP), envolvendo um total de 21 pesquisadores cujos nomes estão sendo enviados à colaboração LSST. Ainda no mês de maio será realizada a primeira reunião de planejamento do grupo com representantes do LIneA, LNA e da comissão de seleção, quando também serão avaliadas as necessidades de apoio do INCT do e-Universo.

Um nova chamada deve ser aberta entre setembro e outubro, a partir de uma avaliação dos trabalhos dos grupos participantes, feita pela Comissão de Seleção em conjunto com representantes do LIneA e do LNA, levando em consideração a experiência acumulada neste primeiro período de funcionamento.

 

Fim do conteúdo da página